terça-feira, 25 de junho de 2013

MANIFESTAÇÃO EM CUIABÁ - DEPOIMENTO: METAMORFOSE AS AVESSAS

"Participei nesta quinta-feira, 20/06/13, da manifestação histórica que levou às ruas de Cuiabá cerca de 50 mil pessoas, a esmagadora maioria de jovens. Nos 4 km, aproximadamente, que separam a Prefeitura da Assembléia Legislativa constatei que a nossa Cuiabá está fétida. Suas ruas, em vários pontos, exalam mau cheiro de esgotos, alguns vazando e escorrendo a céu aberto.


Mas os jovens pouco ou nada ligavam para isso. Estavam corretamente mais atentos aos maus cheiros que emanam das nossas instituições e da nossa sociedade: corrupção; impunidade; políticos quando processados ou condenados, permanecendo a ocupar funções políticas; velhas lideranças políticas desgastadas, e, no entanto, comandando posições políticas chaves na nação; má qualidade nos serviços públicos essenciais como saúde, segurança e educação; construções de estádios, verdadeiros elefantes brancos, perante tantas carências básicas da sociedade; iniciativas políticas altamente questionáveis como a PEC 37; etc.

Observei que os protestos foram explícitos e firmes, mas pacíficos. A absoluta maioria não demonstrava a mínima atitude agressiva ou vândala. A polícia teve pouco trabalho, agindo em apenas alguns poucos casos isolados. A tônica do movimento, enfim, se pautou na coragem de indignar-se e na consciência cívica em dizer não a falta de ética e de eficiência das instituições públicas, e dizer sim aos interesses públicos e coletivos, tão comumente vilipendiados.

Aonde estas manifestações nos levarão? Não sei, contudo a postura destes jovens me fez refletir sobre as gerações anteriores, nas quais os meus 52 anos inevitavelmente me incluem.  Vi (com certa tristeza e melancolia confesso) que as gerações passadas perderam esta coragem e consciência, demonstradas nas lutas pela redemocratização; pelo fora Collor dos caras pintadas; pelas conquistas a vários direitos civis e trabalhistas historicamente relegados à segundo plano.

Aquele senso cívico e patriótico que tínhamos foi se esvaecendo ao longo dos anos. Parece que suas manifestações ficaram restritas a jogos da seleção de futebol quando existem inúmeros casos e oportunidades em que ele se faz mas necessário. Muitos de nós mandamos as favas a ética, a moralidade, o apreço à verdade e à honestidade, o compromisso com a palavra dada, a fidelidade à ideologia proclamada; Por outro lado, demos viva à conquista e manutenção do poder, à vaidade, ao interesse econômico, à vitória a qualquer custo, ao prazer fácil e imediato... Em resumo, aderimos à filosofia pós-moderna do desfrutar e sugar o máximo possível do aqui e agora, em detrimento de tais valores.


Como conseqüência, fizemos um Brasil um pouco melhor materialmente daquele que recebemos sim, mas que está cheirando muito mal em várias questões.

O PT é, talvez, o exemplo mais claro deste processo de transformação, desta metamorfose às avessas: a borboleta de atraente ideologia que, no poder, construiu o seu casulo e de lá saiu lagarta, cega e ávida em devorar mais e mais poder, custe o que custar, doa a quem doer. Agora a pior notícia: a transformação em lagarta não tem caminho de volta.
 
Parabéns jovens manifestantes! Mas, Cuidado! Não se deixem transformar em lagartas. Tenham em mente que os seus filhos e netos, os jovens futuros, não hesitarão de ir às ruas lhes apontarem os erros em alto em bom som, assim como hoje vocês com todo o direito estão fazendo.

Viva a juventude do Brasil! "

Cuiabá-MT, 21 de junho de 2013.



Edison Luiz Borges Francisco
Funcionário Público Federal, Administrador e Advogado.

Um comentário:

  1. Boa tarde, posta fotos recentes de Santiago, pra gente ver, obrigada...

    ResponderExcluir